Não quero voltar a trabalhar depois da licença maternidade. O que fazer?

Não quero voltar a trabalhar depois da licença maternidade. O que fazer?

Não quero voltar a trabalhar depois da licença maternidade1

Ser mãe, foi, é e sempre será a coisa mais linda que aconteceu na minha vida.

Nós do Blog maternar e trabalhar  amamos ser mãe e provamos que conciliar trabalho e família é possível sim.

Desde que se tenha o trabalho certo, um empregador que te apoie ou que você mesma seja sua chefe.

Por isso entendemos muito bem uma mãe que diz: não  quero voltar a trabalhar depois da licença maternidade.

Eu trabalhei sem pausa para conseguir criar meus dois filhos. Depois que me separei a responsabilidade caiu ainda mais sobre mim e agi como me ensinaram.

Trabalhava 8 horas, fazia hora extra, e me desdobrava pra dar conta de cuidar dos filhos, casa e trabalho.

Cada vez que uma das crianças adoecia eu ia trabalhar de coração partido, preocupada e sem poder compartilhar com colegas, uma vez que na empresa que trabalhava não  havia vida privada e uma concorrência forte.

Reuniões, projetos, viagens, congressos e muita gente sendo demitida. Uma vez meu chefe até chegou a exigir que eu fizesse hora extra no dia do aniversário do meu filho.

Tinha convidado 20 crianças para fazer uma festinha surpresa pra ele e não  tive como desmarcar. Meu chefe não  entendeu, discutimos e eu passei a festinha e o fim de semana todo achando que na segunda-feira seria demitida. Não consegui curtir a festa, de tão preocupada que fiquei.

De um lado queria estar presente e participar da vida deles e de outro queria fazer carreira para proporioná-los uma vida melhor.

Vivia me explicando… explicava pras crianças, para a professora, por que não  pude ir a um teatrinho na escola, ao meu chefe que ignorava o fato de eu ser mãe, ao pai que me enxia de culpa e explicava principalmente a mim que um dia tudo iria melhorar. E assim foi…

Eu estava de férias em casa e descobri que seria mãe novamente!

Pense em uma pessoa feliz!

Não quero voltar a trabalhar depois da licença maternidade

Sai pulando pela casa e abraçando as crianças e os meninos não entenderam nada, até que expliquei. Iremos adotar uma criança e vou buscá-la amanhã.

Vizinhos, amigos, parentes e colegas de trabalho ficaram sem entender, achando que enlouqueci de vez, mas no dia seguinte trouxe minha princesa pra casa, acreditem! Foi amor a primeira vista e com isso veio o sentimento de desconforto e uma idéia fixa:

Não  quero voltar a trabalhar depois da licença maternidade. O que fazer?

Comecei a procurar formas de trabalhar em casa e me deparei com o mercado digital.

Descobri que era possível fazer uma inscrição em uma plataforma, divulgar pela internet produtos de outras pessoas e com isso ganhar comissões.

As comissões eram boas e isso me animou muito.

Fiz um curso online para aprender como fazer, depois outro e enquanto minha filha dormia e crescia eu estudava e ia aprendendo a trabalhar nesse novo mundo digital.

Os resultados começaram a aparecer e isso me fazia muito feliz.

Já podia acompanhar meus meninos na  escola, levá-los ao médico em horário normal, acudí-los quando se machucavam, fazer tarefas juntos, aprender vocabulário, ir ao campeonato de futebol, fazer um bolo juntos e tudo isso nos unia cada vez mais.

A televisão deixou de existir na minha vida, usava todo o tempo pra aprender e aplicar as técnicas e com o passar do tempo fui ganhando cada vez mais… os tempos ruins ficaram pra tras e hoje vivo somente disso. Continuo trabalhando muito só que muito mais feliz.

Não consigo mais me imaginar em um outro tipo de trabalho, meus 3 filhos crescem lindos e felizes e eu me sinto completamente realizada.

Se você está grávida ou se  já é mamãe e também se faz essa pergunta: não  quero voltar a trabalhar depois da licença maternidade. O que fazer? Te convido a clicar aqui e conhecer o Curso Online Gratuito do Rafael Aguiar.

Escrever uma nova história é possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *